Simplificamos o que é complexo para você!

A solução

A Automação Fiscal Logística consiste na adoção de processos relacionados à emissão dos Documentos Fiscais Eletrônicos, fazendo com que eles sejam gerados automaticamente, sendo: Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e), Manifesto de Documentos Fiscais Eletrônicos (MDF-e), Averbação do Seguro e CIOT. Essa automação diminui consideravelmente o tempo da operação logística, facilitando o compartilhamento de informações entre as áreas Financeiro/Contábil, permitindo a geração da Escrituração do CT-e e diminuindo os erros de digitação.

Temos orgulho da nossa trajetória, mas o que nos move

é o reconhecimento do mercado.

Retorno dos documentos em até 06 segundos!

"Iniciamos a operação de integração com a Ophos em novembro de 2013, na obrigatoriedade do Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e). Com a Automação Fiscal Logística otimizamos as etapas do processo logístico com a rapidez da emissão dos Documentos Fiscais e o retorno deles em até 06 segundos."
Oseas Cordeiro - Gerente de Logística, Flamboiã

Processos otimizados e informações sempre a mão!

“Com a Automação Fiscal Logística conseguimos otimizar os processos, além de facilitar o compartilhamento de informações entre as áreas envolvidas: Fiscal, Logística e T.I. Por isso, indicamos a Ophos 100%.”

José Eduardo Santa Maria - Gerente de T.I, Ad'Oro

Garantia que nosso prestador de serviço está em dia com as obrigatoriedades fiscais.

“Antes de sermos clientes Ophos, tínhamos que cobrar os transportadores para emitirem os documentos.
Com a solução para Automação Fiscal Logística conseguimos centralizar as informações para as áreas internas da empresa, envolvidas no processo, além de atingirmos nosso principal objetivo: agora os motoristas iniciam a viagem com a documentação completa, ou seja, nós emitimos a Nota Fiscal e em seguida são gerados o Conhecimento de Transporte, o Manifesto Eletrônico, averbação do seguro.
Temos a garantia que o nosso prestador de serviço está em dia com as obrigatoriedades fiscais, não será autuado e a carga chegará ao destino sem atrasos nem multas.”

Fernando Souza - Gerente de Suprimentos, Grupo Alvorada